Skip navigation



Files in This Item:
File Description SizeFormat 
PRFol_Avaliacao de impacto do BNDES Exim Pos-embarque Servicos_compl.pdf966.28 kBAdobe PDFView/OpenDownload
Title: Avaliação de impacto do BNDES Exim Pós-embarque Serviços: efeitos indiretos sobre a cadeia de fornecedores
BNDES Authors: Pinto, Rafael de Carvalho Cayres
Roitman, Fábio Brener
Hirata, Elydia Silva
Keywords: Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (Brasil) - Financiamento
Brazilian Development Bank - Financing
BNDES Exim Pós-embarque Serviços
BNDES Exim Postshipment
Comércio internacional
International trade
Fornecedores - Avaliação
Vendor - Valuation
Crédito para exportação - Brasil
Export credit - Brazil
Avaliação de impacto
Impact assessment
Issue Date: Jul-2019
Place: Rio de Janeiro
Publisher: Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social
Resumo: As exportações de serviços apoiadas pelo BNDES envolvem, além dos serviços prestados pelas empresas de engenharia e construção, o fornecimento de bens e serviços de outras empresas brasileiras: os subfornecedores. Ao estimular as exportações de serviços de engenharia, almeja-se também o incremento da demanda pelos produtos dos subfornecedores, o que induziria um aumento da atividade dessas empresas e, consequentemente, a geração de empregos. Nesse sentido, a presente análise visa estabelecer os efeitos do apoio sobre os subfornecedores no momento em que seus produtos exportados são apoiados pela primeira vez, gerando evidência sobre o funcionamento dessa lógica. Para medir o desempenho das empresas, foram selecionadas as seguintes variáveis de resultado: massa salarial, emprego, remuneração média, admissões, desligamentos, receitas e custos totais, receitas e custos operacionais e investimento. Busca-se identificar a relação causal do apoio com o desempenho dos subfornecedores, entendida como a diferença entre o desempenho observado e o contrafactual (o que ocorreria se as empresas não tivessem sido expostas ao apoio). Para tanto, adota-se a hipótese de seleção em observáveis: o grupo de tratamento é comparado com empresas não tratadas equivalentes em termos de características – as variáveis de controle ou explicativas. Em particular, são comparadas empresas que apresentavam trajetória similar nas próprias variáveis de resultado nos dois anos anteriores. Os resultados fornecem evidência favorável sobre o aumento de atividade, com efeitos positivos e estatisticamente significativos sobre: receita total (as estimativas pontuais do efeito do apoio, considerando diferentes modelos, variaram de +3,9% a +4,8%); receita operacional (+5,1% a +5,5%); custo total (+2,3% a +3,4%); e custo operacional (+4,6% a +5,7%). Também se encontrou impacto positivo sobre a massa salarial (+3,8% a +5,7%), relacionado essencialmente ao nível de emprego (+3,3% a +4,6%), enquanto a remuneração média registrou pouca variação (+0,5% a +1,5%), estatisticamente não significativa em alguns casos. Esses resultados são sugestivos de que firmas respondem ao aumento de atividade empregando mais. Observando as variáveis de fluxos de emprego, constata-se que a margem mais importante foi a retenção de empregados, com redução do número de desligamentos (-1,6% a -3,4%), enquanto as admissões variaram pouco, com baixa significância estatística (-0,7% a +1,1%). Por outro lado, não se verifica aumento do investimento, que registrou impacto pequeno (-0,7% a -0,8%), com baixa significância estatística.
Abstract: The service exports supported by BNDES involve, in addition to services provided by engineering and construction companies, the supply of goods and services of other Brazilian companies: the suppliers. By stimulating service exports, it is also sought to increase the demand for the suppliers’ products, which would lead to an increase in the activity of these companies and, consequently, to the creation of jobs. In this sense, the present analysis aims to establish this support’s effects on the suppliers when their exports are supported for the first time, generating evidence about the functioning of this logic. To measure corporate performance, the following outcome variables were selected: total payroll, employment, average remuneration, admissions, dismissals, total revenues and costs, operating revenues and costs, and investment. It is sought to identify the causal relationship of support with the performance of suppliers, understood as the difference between observed and counterfactual performance (which would occur if the companies had not been exposed to the support). For this, the assumption of selection on observables is adopted: the treatment group is compared to untreated companies that are equivalent to them in terms of characteristics – the control or explanatory variables. In particular, companies that had similar trajectories in their own outcome variables in the previous two years are compared. The outcomes provide favorable evidence of the increase in activity, with positive and statistically significant effects on: total revenue (the point estimates of the effect of support, considering different models, ranged from +3.9% and +4.8%); operating revenue (+5.1% to +5.5%); total cost (from +2.3% to +3.4%); and operating cost (from +4.6% to +5.7%). A positive impact on the total payroll (from +3.8% to +5.7%) was also found, being mainly related to employment level (from +3.3% to +4.6%), while the average remuneration registered a small variation (from +0.5% to +1.5%), which was statistically insignificant in some cases. These results suggest that firms respond to increased activity by employing more. By observing the employment flow variables, it was found that the most important margin was the retention of employees, with a reduction in the number of dismissals (from -1.6% to -3.4%), while admissions showed a small variation, with low statistical significance (from -0.7% to +1.1%). On the other hand, there was no increase in investment, which had a small impact (from -0.7% to -0.8%), with low statistical significance.
Description: Este trabalho utiliza dados da Pesquisa Industrial Anual (PIA), da Pesquisa Anual de Comércio (PAC) e da Pesquisa Anual de Serviços (PAS), referentes aos anos de 2003 a 2014, realizadas pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Os dados foram obtidos mediante ingresso autorizado à sala de acesso a dados restritos (SAR) da instituição. Os resultados, análises e interpretações apresentados são de responsabilidade única dos autores, não representando a visão oficial do IBGE, nem se constituindo em estatística oficial. São utilizados também os dados da Relação Anual de Informações Sociais (Rais), coletada pelo então Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), referentes aos anos de 2003 a 2014, acessados pelo BNDES mediante Acordo de Cooperação Técnica celebrado entre o MTE e o BNDES em 23 de dezembro de 2013. Este trabalho é a primeira avaliação de impacto realizada no âmbito do Acordo de Cooperação firmado entre o BNDES e o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) em 24 de setembro de 2018 e integra um Plano de Trabalho apresentado pelo BNDES ao TCU em atendimento ao Acórdão 1.413/2015-TCU-Plenário.
Bibliografia: p. 26-27
Reference: Relatório de avaliação de efetividade, v. 02, n. 03, maio 2020
Citation: PINTO, Rafael de Carvalho Cayres; ROITMAN, Fábio Brener; HIRATA, Elydia Silva. Avaliação de impacto do BNDES Exim Pós-embarque Serviços: efeitos indiretos sobre a cadeia de fornecedores. Rio de Janeiro: Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social, 2019. (Textos para Discussão; 141)
Series/Report no.: Textos para discussão (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social);141
Type: Folheto
Genre: Textual
URI: http://web.bndes.gov.br/bib/jspui/handle/1408/17860
Date Available: 2019-07-25T15:10:41Z
Appears in Collections:Produção BNDES - Folhetos
Produção BNDES - Textos para Discussão BNDES

Please use this identifier to cite or link to this item: http://web.bndes.gov.br/bib/jspui/handle/1408/17860
Show full item record


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.