Skip navigation



Files in This Item:
File Description SizeFormat 
RAE_v. 3, n. 9, out. 2021.pdf1.12 MBAdobe PDFView/OpenDownload
Title: Relatório de avaliação de efetividade, v. 03, n. 09, out. 2021
Other Titles: Avaliação do impacto de instrumentos de apoio do BNDES e do Sebrae a micro e pequenas empresas
BNDES Authors: Martini, Ricardo Agostini
Gallo, Maria Eduarda Campello
Roitman, Fábio Brener
Authors: Carrijo, Tomaz Back
Bevilaqua, Giovanni
Keywords: Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (Brasil) - Periódicos
Brazilian Development Bank - Periodicals
SEBRAE - Periódicos
SEBRAE - Periodicals
Avaliação de impacto - Metodologia - Periódicos
Impact assessment - Methodology - Periodicals
Pequenas e médias empresas - Brasil - Periódicos
Small business - Brazil - Periodicals
Créditos - Avaliação - Brasil - Periódicos
Credit ratings - Brazil - Periodicals
Oportunidades de emprego - Brasil - Periódicos
Job vacancies - Brazil - Periodicals
Issue Date: Oct-2021
Place: Rio de Janeiro
Publisher: Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social
Resumo: O objetivo do presente Relatório de Avaliação de Efetividade é avaliar o impacto de instrumentos de apoio do BNDES e do Sebrae sobre a geração de emprego das micro e pequenas empresas (MPE). São avaliados os instrumentos de crédito do BNDES e a consultoria de negócios fornecida pelo Sebrae. Uma das questões investigadas é se o efeito é maior quando uma empresa recebe, no mesmo ano, os dois tipos de apoio. O trabalho emprega dados da Relação Anual de Informações Sociais (Rais) no período de 2014 a 2017, a qual é cruzada com as operações identificadas do BNDES e do Sebrae no mesmo período. Os dados das três fontes foram consolidados em um painel de informações de um total de 2.328.241 empresas, das quais: i) 59.041 receberam, em um dado ano, apoio do BNDES e do Sebrae; ii) 216.667 receberam, em um dado ano, apenas crédito do BNDES; iii) 605.681 foram apoiadas, em um dado ano, exclusivamente pela consultoria de negócios do Sebrae. De maneira geral, os dados revelam que as firmas apoiadas pelo BNDES, isoladamente ou simultaneamente com o apoio da consultoria de negócios do Sebrae, apresentam em média maior porte do que as demais. Para buscar a identificação da causalidade dos apoios analisados sobre a geração de empregos nas MPEs, a presente avaliação adota duas abordagens. A primeira consiste em estimar, para cada ano, o impacto de cada tipo de apoio em relação a um grupo de controle. A segunda abordagem consiste na estimação de regressões em uma base de dados em painel. Na primeira abordagem, foram estimados efeitos positivos e significativos para o apoio isolado do BNDES (entre 4,6% e 5,8% de empregos a mais em comparação com firmas sem nenhum apoio), do Sebrae (entre 0,6% e 1,6% na mesma base de comparação) e do apoio conjunto (entre 3,4% e 7% na mesma base de comparação). A comparação do apoio conjunto contra grupos de controle compostos por empresas apoiadas por alguma das instituições permite controlar problemas de viés de seleção. Dessa maneira, as estimativas obtidas nessas comparações são mais capazes de captar efeitos causais do tratamento. O efeito estimado do apoio conjunto foi entre 1,3% e 1,7% maior do que o apoio isolado do BNDES e entre 3,1% e 6% maior do que o apoio isolado do Sebrae. Na segunda abordagem, que emprega dados em painel, foram obtidas estimativas positivas e estatisticamente significativas dos apoios, mas com magnitudes inferiores àquelas obtidas na primeira abordagem. O efeito estimado do apoio do BNDES oscilou entre 1,4% e 2,6% e o efeito do apoio do Sebrae oscilou entre 0,3% e 0,8%. Além disso, foi encontrada evidência de que o efeito é potencializado quando os dois apoios ocorrem no mesmo ano, mas essa evidência não é forte. Em conjunto, os resultados apontam efeitos positivos do crédito do BNDES e da consultoria de negócios fornecida pelo Sebrae sobre o emprego das MPEs. Adicionalmente, sugerem haver espaço para aprimorar a integração entre os apoios das duas instituições, de modo a potencializar seus efeitos.
Description: Este trabalho utilizou os microdados identificados da Relação Anual de Informações Sociais (Rais), disponibilizada pelo Ministério da Economia por meio de um Acordo de Cooperação Técnica.
Citation: RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO DE EFETIVIDADE. Rio de Janeiro: Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social,2019-. Irregular.
Type: Periódico
Genre: Textual
URI: http://web.bndes.gov.br/bib/jspui/handle/1408/21483
Date Available: 2021-10-21T18:56:39Z
Appears in Collections:Produção BNDES - Relatório de avaliação de efetividade

Please use this identifier to cite or link to this item: http://web.bndes.gov.br/bib/jspui/handle/1408/21483
Show full item record


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.